Em 2018 o website da RE/MAX Portugal atingiu 24,1 milhões de visitas, uma média superior a dois milhões por mês, traduzidos em mais 265 mil contactos através da plataforma.

Com um crescimento de 23% face a igual período homólogo, o número de visitas ao website representou, não só, o momento muito positivo que o setor atravessa, mas também, a consequente liderança destacada da RE/MAX, também no mundo online.

De acordo com os dados do Google Trends, em 2018, a RE/MAX continuou a destacar-se de toda a concorrência,  refletindo-se nos seguintes dados:

❱ Os detalhes dos imóveis foram vistos +142 milhões de vezes

❱ Os visitantes passaram mais tempo no website

Maior número de imóveis visualizados por pessoa

❱ Aumento do número de pedidos de visita a imóveis da rede

Todos estes indicadores são bastante relevantes, traduzindo a dinâmica da marca RE/MAX e o seu reconhecimento no setor imobiliário, onde é líder de mercado, quando comparada com outras redes e portais imobiliários.

Do total de visitas ao site registadas no ano passado, o equivalente a mais de três milhões por mês, tiveram como origem outros países. Brasil, França, Inglaterra, Suíça, Estados Unidos da América, Alemanha, Espanha e Angola foram as nacionalidades que mais se destacaram na procura por imóveis portugueses. As visitas internacionais tiveram um crescimento de 21% em relação a 2017.

Segundo Beatriz Rubio, CEO da RE/MAX Portugal, “ano, após ano, os números mostram que as visitas à página da RE/MAX registam um crescimento equiparado ao que verificámos nas nossas lojas. Temos de continuar a garantir a todos aqueles que concentram a pesquisa de imóveis através da remax.pt, o consigam fazer através de uma navegação eficiente e intuitiva.” A responsável sublinha ainda que “actualmente o mercado pressupõe mudança porque o consumidor também mudou. Ser possível ter um primeiro contacto de um imóvel, através do online, tornou o negócio mais rápido e eficaz. E isso deve-se à tecnologia, que veio revolucionar o sector.

 

FONTE: Magazine Imobiliário https://bit.ly/2GJmCTr

Escreva um comentário

FALA CONNOSCO
close slider