Em Portugal, existem mais pais a viverem sozinhos com os filhos ou casais sem descendência do que as ditas famílias “tradicionais”. Estes números, que podem ser uma surpresa para quem não anda atento, foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística, por ocasião do Dia Internacional da Família.

Juntando o número de famílias monoparentais (460.315 no ano passado) com o número de famílias sem filhos (68.842 também em 2018), o valor ultrapassa em quase 127 mil o número de famílias ditas tradicionais em Portugal, isto é, famílias compostas por um casal que vive na mesma casa e que forma um agregado familiar com descendência.

Estes números também podem influenciar a tipologia na procura de casa para comprar ou arrendar. Surpreendido?

Escreva um comentário

FALA CONNOSCO
close slider