No passado mês de abril, Mark Zuckerberg anunciou que o grupo Facebook (Facebook, Instagram e WhatsApp) irá sofrer profundas alterações ao nível da experiência de utilizador.

Acusada, recentemente, de falta de privacidade e de estimular a solidão e exclusão social, a maior Rede Social do planeta está agora empenhada em recuperar a nossa confiança ao apostar em “conversas privadas e protegidas”.

Quanto ao Instagram, irá começar a esconder o número de gostos de uma determinada publicação, com o intuito de diminuir a pressão social e aumentar a qualidade do conteúdo partilhado, algo que já começou a ser testado no Canadá.

É inegável que as Redes Sociais nos provocam um sentimento de amor-ódio: se por um lado são bastante prejudiciais para a nossa saúde mental e bem-estar, como demonstram os inúmeros estudos e inquéritos realizados nos últimos anos, por outro, aproximam-nos dos nossos pares e estimulam inúmeras vezes a boa vontade humana.

Coloca-se então a questão: será esta a mudança necessária para nos reconciliarmos definitivamente com as Redes Sociais e para o início da sua utilização saudável?

A RE/MAX Universal acredita que sim.

Continue a seguir-nos e comprove como potenciamos o bom uso das nossas Redes Sociais e como o ajudamos a descobrir: Onde mora a Felicidade.

Escreva um comentário

FALA CONNOSCO
close slider