Já todos fomos informados e alertados para as consequências de um emprego de escritório. Contudo, a dificuldade em visualizar essas maleitas pode alimentar a nossa inércia e fazer com que pouco ou nada mudemos os nossos hábitos.

Fruto de uma iniciativa de sensibilização promovida por uma marca de acessórios de escritório, em colaboração com um grupo de investigação, foi apresentada ao público a Emma, a colega de trabalho do futuro.

O trabalho da equipa de investigação para desenvolver este modelo, baseou-se em cerca de três mil entrevistas a trabalhadores do Reino Unido, Alemanha e França.

Através destas entrevistas, percebeu-se que a perda de visão, o aumento de peso e as constantes dores de cabeça, são as consequências mais temidas pelos trabalhadores.

A boneca de cera, Emma, encontra-se com as costas curvadas devido à postura, olhos vermelhos devido ao tempo excessivo em frente ao computador, membros inchados da má circulação, pulsos finos dos movimentos repetitivos no computador, eczemas e pele seca.

William Higham foi um dos responsáveis deste estudo e, em conversa com a imprensa internacional, foi preciso nas palavras que partilhou: “A menos que façamos mudanças radicais na nossa vida de trabalho, movendo-nos mais, pensando na nossa postura à secretária, tirando intervalos regulares para caminhar ou consideremos mudar o nosso ambiente de trabalho, os nossos escritórios vão deixar-nos muito doentes.”

Escreva um comentário

FALA CONNOSCO
close slider