A Câmara Municipal de Aveiro (CMA) anunciou ontem, 24 de junho de 2020, que formalizou uma permuta dos terrenos necessários para a construção de uma nova rotunda no “túnel de Esgueira”.

De acordo com uma nota de imprensa, após anos de impasse, foi formalizada hoje uma permuta com António Bóia e irmãos, no valor de 526.826,60 euros, onde desse valor, 325.000 euros foram pagos em cheque pela Câmara.

Segundo o site da CMA, com este ato de permuta, passa a “pertencer à CMA um terreno com 3.026m2 para a construção de uma nova rotunda a nascente do “Túnel de Esgueira”, de acordo com o previsto no Plano de Ação para a Regeneração Urbana” do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano da Cidade de Aveiro (PEDUCA).

“Autêntico momento histórico dada a importância e a antiguidade do objetivo dessa construção pela CMA” pode ler-se na nota de imprensa publicada no site da autarquia.

Segundo essa mesma nota de imprensa, “o projeto global da intervenção encontra-se em fase final de execução, prevendo-se que esteja terminado durante o mês de julho”.

Após a sua conclusão, a câmara pretende lançar o concurso publico para a execução da empreitada que conta com “tratar da construção da rotunda a nascente do “Túnel de Esgueira”, que vai integrar a via de cintura interna à Cidade de Aveiro” para melhorar a acessibilidade e qualificar o eixo de ligação ao núcleo central de Esgueira e está ainda prevista “a recuperação dos elementos dos painéis de azulejo das paredes do viaduto”.

Está ainda prevista outra construção, esta de uma rotunda a poente daquele viaduto, no entroncamento entre a Rua de Viseu, a Rua do Senhor dos Milagres e a Avenida da Força Aérea, para qualificar o eixo de ligação urbana à avenida Lourenço Peixinho e à zona das Barrocas.

 

Fonte: Câmara Municipal de Aveiro

Fonte fotográfica: Câmara municipal de Aveiro.

Escreva um comentário

FALA CONNOSCO
close slider