Conhecidos como monges guerreiros, os templários foram criados com o grande objetivo de proteger os peregrinos cristãos dos ataques dos mouros. Com o passar dos anos, os Templários tornaram-se numa organização, que acabou por ser eliminada pelo rei francês Filipe IV.

Refugiados em Portugal, protegidos pelos reis, os monges ajudaram a expulsar os muçulmanos do território, construindo inúmeros castelos ao longo da fronteira, para assim proteger o seu novo país. Portugal.

Conheça 4 dos castelos dos Templários em Portugal:

  • Castelo de Palmela

O Castelo de Palmela foi construído pelos muçulmanos, e esteve ocupado pelas tropas de D. Afonso Henriques. A partir de 1147, o mesmo foi conquistado diversas vezes até ser definitivamente ocupado por D.Sancho I. Acabou por ser doado à Ordem de Santiago, e atualmente uma das partes do edifício é um dos mais belos hotéis de Portugal.

Este sunset em Setúbal termina com um jantar no interior de um Castelo

  • Castelo de Almourol

Situado numa ilha no meio do rio Tejo, o Castelo de Almourol foi entregue aos Templários em 1160. Viu a sua edificação concluída em 1171, e é um dos lugares mais míticos de Portugal, servindo de inspiração para várias lendas.

  • Castelo de Santa Maria da Feira

O castelo de Santa Maria da Feira é um dos mais conhecidos em Portugal, e é diferenciado pela diversidade de recursos defensivos utilizados entre o século XI e XVI.  No século XV, toda a estrutura sofreu remodelações no campo defensivo.

  • Castelo da Penha Garcia

O Castelo de Penha Garcia foi edificado pelos Templários, em cima de ruínas romanas. Contudo, existem diversas opiniões sobre o assunto. Uns acreditam que a sua edificação terá sito feito por com D. Sancho I, vindo depois a ser doado por D. Afonso II, à Ordem de Santiago, em meados de 1220. A partir do século XIX, esta edificação foi-se degradando e atualmente, restam apenas fragmentos de muralhas.

Escreva um comentário

FALA CONNOSCO
close slider