Situada bem próxima da Vila de Marvão, em pleno Alentejo, surgem as ruínas de Ammaia, a antiga cidade romana.

Em 1995 iniciaram-se escavações arqueológicas, onde foram descobertos aproximadamente 3.000 m2. Pensasse que a área original da cidade, contaria com vinte hectares.

A cidade Ammaia só foi redescoberta no século passado, e desde então está a ser escavada e investigada por cientistas de todo o mundo.

Desde sempre que os vestígios romanos são conhecidos, mas só no princípio do século passado é que se reparou realmente, que estaríamos perante uma cidade romana.

Construída no século I D.C, foi crescendo até alcançar o esplendor nos trezentos anos seguintes. A partir do século IX desaparecem as referências à cidade, contudo as suas pedras serviram para construir outros lugares e monumentos.

Diz-se que nos séculos V e IX, a cidade terá sofrido os efeitos de um cataclismo, o que terá soterrado a parte baixa da malha urbana.

No local existe um museu. O Museu Monográfico da Cidade de Ammaia, com o objetivo de dar a conhecer a vida da população que ali viveu. É possível também encontrar objetos da altura, e ainda uma das mais importantes coleções de vidros romanos da Península Ibérica.

A Fundação Cidade de Ammaia tem como objetivo principal o estudo, a  recuperação e a preservação deste importante Monumento Nacional.

Escreva um comentário

FALA CONNOSCO
close slider