Surgiram no século XVI, muito antes da criação da cidade de Aveiro. Uma das lendas diz que este doce tão conhecido, foi criado por uma freira do Mosteiro de Jesus. Na sequência de um castigo dado pela Madre Superior, a freira foi obrigada a jejuar. Foi então, que a mesma, começou a pegar nas gemas de ovos e a misturá-las com açúcar. Para não ser apanhada em flagrante, escondia o doce junto das hóstias. Quando, finalmente, o doce foi descoberto, gritou-se “Milagre!”, pois um doce tão delicioso devia ser obra de Deus.

Para além desta versão, existe outra onde se conta que era comum na época as pessoas presentearem as religiosas com galinhas. Era comum utilizar as claras dos ovos para  engomar as roupas e, como não havia uso para as gemas, descobriu-se que, ao adicionar-lhes açúcar, o seu prazo de validade aumentava.

A receita dos ovos moles foi, então, passada de geração em geração, e manteve-se até hoje,  graças às mulheres que eram ensinadas pelas freiras dos diversos conventos da região.

Só temos que agradecer por esta iguaria maravilhosa!

Escreva um comentário

FALA CONNOSCO
close slider